sábado, novembro 06, 2004

Festança também nos telões do TIM

Ficou uma beleza nossa surpresa. O diretor e documentarista Paulo César Soares ("Tambores do Maranhão" e "Bahia de Todos os Ritmos") , recém agregado à trupe do Bumba Beat, preparou duas sequencias belíssimas de imagens que serão exibidas nos três mega telões do palco Motomix na aguardada noite do dia 6 de novembro no Jockey Club. Nas últimas semanas, num trabalho minucioso de edição e contextualização das cenas ao clima dos temas, PC e Doc Reggae decidiram contemplar "From the Beggining to the Plastic Smile" e "But McCumba" com belas passagens. Apareça, a festança promete.

5 Comments:

Anonymous Anônimo said...

Amigos, desculpa minha ausencia no final das contas, mas cedi o meu VIP para o Big Louis que é um grande cara...
Soube que vcs tiveram problemas por lá, o que rolou ?

té +++ Erick.

8 de novembro de 2004 08:31  
Anonymous Anônimo said...

Foi realmente uma vergonha oq aconteceu no TIM FEST principalmente a mancada que deram com o Bumba Beat a única apresentação decente da noite naquele palco.

Tive que falar pq realmente fiquei entristecido com a ocorrência.

Tadeu Banzato

8 de novembro de 2004 09:55  
Blogger Giu! said...

Parabéns pelo show, apesar do boicote. Eu acho que vocês deveriam ter sido os primeiros, para assim mostrar aos jamaicanos como que se faz um show decente. :)
Abraço.

8 de novembro de 2004 09:58  
Anonymous Anônimo said...

O acontecimento ocorrido na tenda motomix do TIM festival foi em motivo para entristecer todos os presentes, a organização se mostrou completamente ineficiênte em todos aspectos.. desde o show começar com uma hora e meia de atraso até na seleção duvidosa das bandas além de todos serem prejudicados pela péssima qualidade do som, onde percussão, microfones, baixo e trombone mal pudiam ser ouvidos, e quando foram a produção no meio de uma música acendeu as luzes e simplismente cortou o som da platéia que ficou indignada mais uma vez. Voltando ao aspecto de seleção das bandas, muitas delas despreparadas e na minha modesta opinião tinham uma sonoridade que com uma visão bizarra de música jamaicana, que era a proposta da noite... o soudsystem jamaicano Stone love dividiu seu tempo entre fazer apologia da maconha e tocar músicas de Bob Marley, que foram pelo menos 5 e em qualidade de CD oque ficava evidente nos PAs, enfim muito fraco, se fossem trazer alguem da jamaica que traga mestres como Skatalites ou até os verdadeiros DJs da ilha como King Stitt, em vez de algo tão pífio, as bandas nacionais foram razoáveis porém não acrescentaram em nada, temos grandes bandas de dub e DJs aqui em São Paulo que mostrariam muito mais intimidade com os sons da ilha doque as bandas que se apresentaram fazendo referências a lugares no Rio de Janeiro, referências essas que também não agradou boa parte do público presente. Enfim quando a atração principal da noite o Bumba beat subiu no palco com toda humildade e por volta das 5h30m, sendo que o horário programado era 4h... mas ok apesar de boa parte do público já estar indo embora muita gente ficou pois a apresentação prometia e muito! Quando Doc Reggae sobe ao palco tenta interagir e saudar a platéia, ninguém ouviu pois seu microfone estava desligado, bem como todos da percussão, o do vocalista e claro o do trombonista, só podia ser ouvido o som das pickups. Algumas músicas depois o trombone podia ser ouvido, e enfim algum tempo depois, até o microfone do vocalista e do Doc Reggae estavam ligados, porém o da percussão se manteve inaudível durante toda apresentação, porém sem ao menos esperar o fim de uma música a organização cortou o som do público e acendeu as luzes despachando o público para fora do evento e fazendo os músicos em cima do palco já chateados com a situação mas mesmo assim tocando, olhando uns para os outros tentando entender oque estava acontecendo...
dias melhores virão, muita força a todos do Bumba Beat e sempre estaremos apoiando iniciativas como essa pelo nosso eterno amor a música jamaicana de qualidade.

Rev.Denis

Uma vergonha

8 de novembro de 2004 16:12  
Blogger Kamille said...

Olha, concordo com vocês e acho que seria legal se vocês se dispusessem a escrever pros jornais com essas reclamações. Vou fazer isso também, mas acho que não adianta só a equipe do Bumba Beat reclamar: o público se mostrando insatisfeito tem mais efeito.

9 de novembro de 2004 10:52  

Postar um comentário

<< Home